10 julho, 2009

Luar em Cantado

Oh luar encoberto / Afasta as nuvens estou tão perto / Para cantar / Desta rua olho a janela / Solto acordes para ela / Pelo ar / Trilhou o seu caminho / Imaginou.se sozinho / Com trovas se espantam / As mágoas / De muitas paixões / As trovas que sonho / E canto para ti / Cantador enamorado / A Lua está cheia / Desejas beijar / Trovador apaixonado / Donzela que anseia / Teu coração é cantar / Com a força dessa luz / O sorriso que seduz / Meu olhar / Esse rosto de menina / Fado meu minha sina / Vou voltar
"Inopàrte"... gosto quando os locais de sempre ganham novo significado.
Ahhh... a culpa é da lua. Sem dúvida. O serão? Só me ri!
Mais uma noite para sempre. Foi... pura Magia.
Obrigada Inoportuna.
.

2 comentários:

Anarca disse...

O prassser foi todo nosso, menina Sophia. Volte sempre.

Sophia disse...

Que surpresa!!! Um comentário a este post? lool
Obrigada a ti. Muito obrigada.
Vou voltar... ;)