02 novembro, 2009

Tenho fases... como a lua!

Fases de andar escondida, fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida! Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua, tenho outras de ser sozinha.
Fases que vão e que vêm,
no secreto calendário que um astrólogo arbitrário inventou para meu uso.

E roda a melancolia seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém (tenho fases, como a lua...)
No dia de alguém ser meu, não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia, o outro desapareceu...

.

8 comentários:

Penélope disse...

"No dia de alguém ser meu, não é dia de eu ser sua... "

'Tá tudo dito! ;)

Ahahahahah!

Sophia disse...

"E, quando chega esse dia, o outro desapareceu..."

A vida é feita de (des)encontros! ;)

Penélope disse...

E, lá de vez em quando, de pequenos encontros =P

Sophia disse...

Cada vez menos... ;)

MY WORLD disse...

gosto muito do teu blog e deste poema! :)

Sophia disse...

Obrigada! Sê bem vinda aqui! =)

MY WORLD disse...

:) Obrigada! um bom fim de semana para ti.! ***

Sophia disse...

Obrigada! =)
Para ti também... Bom fim de semana! **